4 de fev de 2013

9 JUÍZO FINAL – O GRANDE TRONO BRANCO



  
O julgamento do grande trono branco é claramente indicado e acontecerá após o fim do reino milenar de Cristo. Este grande julgamento pode muito bem ser chamado de "julgamento final". Ele constitui o término do plano de ressurreição e de julgamento de Deus.

Apocalipse 20:11-15 – “Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo”.
Esse julgamento é previsto nas Escrituras como um julgamento vindouro de Deus sobre todos os homens. Tal era a expectativa do salmista quando escreveu: Salmo 96:13 – “... porque vem, vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, consoante a sua fidelidade”.
Paulo corrobora a mesma verdade ao dizer: Atos 17:31 – “Porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos”.


9.1 OS RÉUS DO JULGAMENTO

Fica evidente com base na própria passagem (Apocalipse 20:11-15)  que esse é um julgamento dos chamados "os mortos". Demonstrou-se claramente que todos os que estavam no plano da salvação, já se completaram antes de começar o milênio. Agora haverá o julgamento de todos os que ainda não foram ressurretos, ou seja, os mortos incrédulos. Todos os que morreram sem Jesus, sem salvação, os ímpios de todas as épocas ressuscitarão para julgamento. Devemos observar que esses mortos sem Cristo, os ímpios de todas as eras, só ressuscitarão após o Milênio para o julgamento do Grande Trono Branco. Apocalipse 20:5 – “Os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos...”.


9.2 A BASE DO JULGAMENTO

Esse julgamento, ao contrário de uma concepção popular errada, não tem por finalidade apurar se aqueles que o enfrentam serão salvos ou não. Todos os que devem ser salvos já foram salvos e entraram no seu estado eterno. Os que serão abençoados eternamente já entraram na sua bênção. Esse é antes um julgamento das más obras dos incrédulos. A sentença de "segunda morte" é pronunciada contra eles. Apocalipse 20:12 – “Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros”.
O julgamento das obras demonstra aqui a ausência de vida. O fato de que haverá níveis de julgamento distribuído a esses incrédulos é implicado em outra passagem (Lc 12.47,48). Mas a sentença da segunda morte será dada a todos. A segunda morte é a eterna separação de Deus, a condenação do lago de fogo.
Neste julgamento haverá a aplicação de sentença, pois, o pecador já está condenado a partir do momento que não crê no Filho de Deus como seu salvador.

João 3:18-19 – “Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más”.

Deus julgará a todos, um por um, com reta justiça. A base para seu julgamento será seu Filho Jesus, pois todos que amaram mais as trevas do que a luz, negando, assim, seu Filho Jesus, amando e se deleitando no pecado, sofrerão a condenação eterna. Naquele dia todo homem prestará contas do que fez com o Sangue de Seu Filho Jesus. Ninguém poderá se justificar na presença de Deus. Naquele Dia todo homem que não aceitou a Palavra de Deus será indesculpável. (1 Pe 4:17-18; Ef 5:5-7; Mt 8:12)

2 Tessalonicenses 1:5-9 – “sinal evidente do reto juízo de Deus, para que sejais considerados dignos do reino de Deus, pelo qual, com efeito, estais sofrendo; se, de fato, é justo para com Deus que ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam e a vós outros, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder, em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus. Estes sofrerão penalidade de eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder,”

O resultado desse julgamento fica bem claro em Apocalipse 20.15: "E, se alguém não foi achado inscrito no livro da vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo". A eterna separação de Deus é o destino eterno dos incrédulos.


9.3 OS SANTOS JULGARÃO O MUNDO E OS ANJOS CAÍDOS

De acordo com I Coríntios 6: 2 e 3, o Apostolo Paulo, afirma que os santos hão de julgar o mundo, e também os anjos, isto mostra que aqueles que vivem a palavra de Deus, além de serem salvos e viverem para sempre com Cristo, serão como um júri no grande Julgamento de Deus.

1 Coríntios 6:2-3 – “Ou não sabeis que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deverá ser julgado por vós, sois, acaso, indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis que havemos de julgar os próprios anjos? Quanto mais as coisas desta vida”!

A palavra de Deus mostra claramente que os santos estarão presentes neste grande Julgamento do Trono Branco, para junto com o Senhor julgar os povos. A entrega das sentenças a todos os mortos sem Cristo terá a grande participação de todos os santos do Senhor. Observe também, que serão julgados os anjos, ou seja, anjos caídos que se tornaram demônios, receberão também a eterna condenação no lago de fogo. Judas 6 – “e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia;”. “O grande Dia", esse deve ser o dia do Senhor, o juízo do Grande Trono Branco. Esse Julgamento sobrevém também a anjos caídos por causa do pecado de seguir Satanás na sua rebelião contra Deus (Is 14.12-17; Ez 28.12-19).
Desta forma, Deus mais uma vez manifestará grande honra para com todos os que zelaram por seu Nome e guardaram sua Palavra.

1 comentários:

Marcos Vinicius disse...

Muito bom estudo que fala a verdade !
Deus o abençoe.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loading